8 de agosto de 2013

Curiosidades sobre sexo


1 - Mais de 11.000 pessoas por ano têm acidentes por praticar novas posições sexuais.
2 - A rainha do Egito Cleópatra (69-30 a.C.) era considerada uma
especialista na arte do amor. Aprendeu vários segredos do erotismo com cortesãs de um bordel que ela frequentava em Alexandria. Chegou a erguer um templo para receber uma grande legião de amantes. Dizia-se que ela chegou a fazer sexo oral em 100 homens numa única noite.
3 - Na área rural da China, os casais não perdem tempo com os preliminares, alegando que gastam menos de um minuto com frivolidades.
4 - As mulheres ficam 30% mais ativas sexualmente durante a lua cheia.
5 - Levando em consideração a assiduidade com que muitos casais fazem amor, um casal normal levaria quatro anos para experimentar todas as 529 posições descritas no Kama Sutra.
6 - Numa tribo da Polinésia, os casais de dezoito anos fazem amor, em média, três vezes por noite até aos trinta anos de idade, altura em que a média baixa para catorze vezes por semana.
7 - Os antigos Egípcios já usavam preservativos, no entanto o método de contracepção mais utilizado era um supositório vaginal feito com mel e língua de crocodilo.
8 - Embora as mulheres fiquem 30% mais ativas sexualmente durante a lua cheia e prefiram fazer amor às 23 horas, o estrogênio e a testosterona atingem o seu pico ao cair da tarde.
9 - Os aborígenes do deserto do Kalahari têm o pénis semi-erecto o tempo todo.
10 - O clássico da literatura indiana, "O Jardim Perfumado", conta a história de um homem que ficou com o pénis erecto durante 30 dias, sem parar, só a comer cebola. O "Kama Sutra" diz que "muitos ovos fritos na manteiga e depois mergulhados no mel" fazem o membro ficar erecto por uma noite inteira.
11 - A tribo Caramoja, do nordeste do Uganda, amarra um peso na ponta do pênis para alongá-lo. Às vezes, o membro fica tão comprido que o dono tem de enrolá-lo para cima.
12 - Uma empresa americana criou uma boneca de silicone de 5 mil dólares para a prática do sexo. Num ano e meio foram vendidas mais de cinco mil unidades. Um artigo sobre a boneca dizia: "Mulheres lindas e obedientes, que não gostam de conversar sobre a relação e aceitam sexo sem envolvimento - uma fantasia de milhões de homens neste início de milênio pode ser satisfeita com facilidade."
13 - Na Inglaterra, um fabricante produziu um "boneco gay" de 32cm, que se tornou um enorme sucesso de vendas na Europa e no Japão.
14 - Na Alemanha foi inaugurado um "museu do erotismo", chamado "Mundo das Fantasias Eróticas", com uma área de 1.800m2 e 3.000 objectos em exposição.
15 - No Sri Lanka, rapazes de 16 a 19 anos são abordados por senhoras europeias ricas, que pagam para ficar hospedadas na casa das respectivas famílias, dormindo nos seus quartos.
16 - A tribo Caramoja, do nordeste de Uganda, amarrava um peso na ponta do pênis para alongá-lo. Às vezes, o membro ficava tão comprido que o homem tinha que enrolá-lo para cima.
17 - Segundo o relatório Kinsey, tirando uma meia dúzia de homens que acabaram na emergência de hospitais por terem se animado um pouco além da conta com um aspirador de pó, as mulheres são mais criativas na prática do prazer solitário e se masturbam com mais frequência quando estão vivendo um relacionamento estável. As mulheres sabem se excitar melhor e 60% delas alegam que descobriram sozinhas, contra apenas 25% dos homens.
curiosidade_sexo_2
18 - Muitos egípcios sentiam atração sexual pelos corpos mortos e por isso os familiares de uma mulher bela vigiavam o corpo até que apodrecesse para que não fosse violado.
19 - Para não violar uma lei romana que impedia a execução das mulheres virgens Tibério ordenou que antes fossem violadas pelo carrasco.
20 - Em Calabar (Nigéria) e nas ilhas Marquesas (Taiti), as mulheres obesas são as mais desejadas. As adolescentes ficam meses em “cabanas de engorda” para ganhar peso antes de serem oferecidas pela família para casamento.
21 - Os esquimós das tribos Copper e Netsilik oferecem as mulheres como sinal de hospitalidade. Já entre os Akhvakh, que vivem no sul da Rússia, o convidado “recebe” uma adolescente, com quem pode fazer todos os jogos sexuais, desde que o hímen permaneça intacto.
22 - Antigamente, na Inglaterra, não se podia fazer sexo sem o consentimento do Rei (a não ser que se tratasse de um membro da família real). Quando queriam fazer amor, tinham que pedir para o monarca, que lhes entregava uma placa, que deviam colocar na frente da porta de seu quarto enquanto tivessem relações. A placa dizia “Fornification Under Consent of the King”. Essa é a origem da palavra “fuck”.
23 - Quando existe um desequilíbrio entre o yin (frio) e o yang (calor), mesmo sem uma patologia aparente, perde-se o interesse pelo sexo, e as pessoas ficam tristes, deprimidas, depressivas, irritadas, impacientes e perdem o sono. “A acupuntura, por exemplo, preconiza que a saúde mental está intimamente ligada à saúde sexual. Para essa terapia, o sexo é tão importante quanto a alimentação, o sono, a sede e as necessidades fisiológicas, já que a atividade nos torna mais felizes, pacientes, saudáveis e com menor índice de doenças”, declara a especialista Aparecida Enomoto.
24 - Mais de 25% de pessoas na terceira idade fazem sexo regularmente – ao contrário do que eles mesmos esperavam quando eram mais novos. Na Nova Zelândia, mais de metade das pessoas com idades entre 75 e 85 anos disse fazer sexo mais de uma vez por mês.
25 - O Kama Sutra diz que “muitos ovos fritos na manteiga e depois mergulhados no mel fazem o membro ficar erecto por uma noite inteira”.
26 - Na Europa do século XIV, era permitido a um nobre deixar o órgão sexual à mostra sob a túnica. Aqueles que não eram muito avantajados podiam usar um pénis falso, de couro.
27 - O presidente francês François Faure morreu num bordel, em 1899, durante o ato sexual. A senhora que o acompanhava ficou tão aterrorizada que contraiu a vagina de tal forma que foi preciso uma cirurgia para remover o membro do falecido.
28 - O castigo para adultério na Roma dos césares era a amputação do nariz.
curiosidade_sexo_3
29 - Na Idade Média, segundo a igreja católica, o sexo só deveria ser praticado como forma de procriar. Os religiosos da época advertiam ainda que não se deveria estimular o prazer durante a transa. Por 100 anos a Igreja Católica só admitiu umaa posição sexual: a de papai e mamãe.
30 - Os antigos egípcios já usavam preservativos, porém o método contraceptivo mais comum da época era um supositório vaginal feito com mel e língua de crododilo.
31 - Até à chegada dos ingleses, os egípcios não desfloravam as noivas, antes pagavam a um servo para fazê-lo pois acreditavam que o contato com o sangue feminino causava impotência. O costume procedia da Grécia antiga onde eram as mulheres que se desfloravam com consolos de couro chamados obeliscos.
32 - O povo Banto do Botswana, os Tsuanas, considera a proeminência dos pequenos lábios vaginais extremamente atraente, sendo prática comum as jovens, a partir da puberdade, começarem a puxá-los ou recorrerem a outras técnicas para conseguir o efeito desejado.
33 - As viúvas da tribo Ashanti, do Gana, são encorajadas a manter relações sexuais com um desconhecido, de modo a conseguirem libertar-se do espírito do falecido marido.
34 - Entre os Sakalaves, de Madagáscar, é uma desonra a mulher chegar virgem ao casamento.
35 - Em Trobriand (Pacífico), a liberdade sexual das mulheres solteiras é absoluta. Começam a ter relações sexuais muito cedo, entre os 6 e os 8 anos de idade. Mudam de parceiros sempre que acham necessario, até se sentirem inclinadas a casar.
36 - Orgasmos podem ser mais intensos em ambientes mais quentes. Isso porque os vasos se dilatam mais, os órgãos sexuais ficam mais sensíveis e a sensação de prazer é mais intensa do que aquela experimentada em climas mais frios.
37 - O ato sexual leva a perda de peso.Na média, uma pessoa perde 26 calorias num beijo de um minuto. Além disso, um sexo vigoroso por meia hora queima 150 calorias. Beijar também faz bem pros dentes: a saliva extra liberada durante o beijo ajuda a manter a boca limpa, reduzindo o risco de cáries.
38 - Da próxima vez que sua parceira recusar as suas investidas dizendo que está com dor de cabeça, lembre-a deste fato: o ato sexual pode ajudar a curar a dor. Sexo faz com que o corpo libere endorfinas, que são analgésicos naturais.
39 - Essa é pra quem entende pelo menos um pouco de inglês (ou que já viu muito filme pornô americano). Fato interessante: O termo "blow job" (em português, o popular boquete) vem da era vitoriana.Naquela época, uma gíria pra prostituta era "blowsy". Ao mesmo tempo, "blow" era gíria pra ejaculação. Lá pelos anos 1930, o sexo oral ficou conhecido então como "blow job". Na Grécia Antiga, uma gíria comum para o boquete era "tocar a flauta".
curiosidade_sexo_4
40 - O louva-deus macho não pode copular enquanto a sua cabeça estiver conectada ao corpo. A fêmea inicia o ato sexual arrancando-lhe a cabeça.
41 - O sexo é um tratamento de beleza. Os testes científicos demonstraram que as mulheres que têm relações sexuais produzem um grande número de hormonas de estrogénio. Essa hormona torna os cabelos brilhantes e a pele macia. Lentamente, as relações sexuais reduzem as hipóteses de sofrer de dermitas, comichões e imperfeições cutâneas. A transpiração limpa os poros e torna a pele resplandecente.
42 - O sexo é uma cura instantânea contra as pequenas depressões. Ele faz circular endorfina no sistema sanguíneo, produzindo uma sensação de euforia e deixa-vos um sentimento de bem estar.
43 - Quanto mais relações tiver, mais vai pedir. O corpo sexualmente activo elimina um grande numero de toxinas chamadas "feromonas". Esse perfume sexual torna o seu parceiro completamente maluco !!!
44 - Muitas relações sexuais podem desentupir o nariz. O sexo é um natural antihistaminico. Ele combate a asma e a sinusite.
45 - A escocesa Anna Swan (1846-1888) que media 2,37 metros de altura aos 19 anos, casou-se com o Capitão Martin Bates, que media 2,20 metros. Tornaram-se o mais alto casal da história. Em 18 de Junho de 1879, Anna deu à luz o maior bebê da história, pesando 11,7Kg e medindo 86cm de comprimento. Devido ao seu tamanho, a criança não sobreviveu ao nascimento, mas para ele sair, a vagina de Anna dilatou 15cm (a dilatação de um parto normal é de 10cm).
46 - Em 1343, a rainha Joana I, de Nápoles, casou-se com o príncipe húngaro Andrea, dono de um enorme nariz. Ela imaginava que o tamanho dos dotes do marido fosse proporcional ao nariz e se deu mal. ‘‘Ó, nariz, como foi que você pôde me enganar assim tão maldosamente?’’ — disse Joana, antes de mandar estrangular o marido.
47 - A esposa do imperador Cláudio ficou famosa por seu insaciável apetite sexual. Calcula-se que ela teria transado com 8 mil homens. E viveu apenas 26 anos… Cruel, Messalina ordenava que alguns homens que não mais lhe serviam fossem masturbados até ficarem impotentes ou morrerem.
48 - Na Idade Média, os violinos não podiam entrar nos conventos ou mosteiros. Motivo: segundo a Igreja, o formato do instrumento lembrava o corpo de uma mulher e poderia prejudicar a pureza dos bons cristãos.
49 - Os donos de antigos bordéis inventaram um jeito de fazer com que suas moças passassem por virgem várias vezes. Encharcavam de sangue um pedaço de esponja e o colocavam na vagina da mulher. Quando o pênis do cliente a penetrava, a esponja liberava o sangue.
50 - Duas grandes personalidades da história morreram virgens: o cientista inglês Isaac Newton (1642-1727) e o filósofo alemão Emanuel Kant (1856-1950). Já o dramaturgo inglês Bernard Shaw (1856-1950) perdeu a virgindade aos 29 anos quando foi seduzido por uma viúva. Ficou tão chocado com a experiência que passou 15 anos sem repeti-la.
51 - Na Antigüidade, os chineses usavam gansos para satisfazer suas necessidades sexuais. Pouco antes da ejaculação, o homem mergulhava a cabeça do ganso na água para sentir as ‘‘prazerosas contrações anais da vítima durante seus últimos espasmos’’. Em Hong Kong, as prostitutas do cais resolveram adaptar essa prática para atrair clientes. Elas mergulhavam a própria cabeça dentro da água, enquanto o parceiro fazia a penetração da vagina por trás.
52 - Há homens em Guam cujo emprego em tempo integral é viajar pelo país e deflorar virgens, que os pagam pelo privilégio de ter sexo pela primeira vez. Razão: Pelas leis de Guam, é proibido virgens se casarem.
53 - Masturbar-se sempre foi uma prática polêmica e repudiada pela igreja. Na Antiguidade, estimular-se sexualmente era tolerado. Os greco-romanos desestimulavam esse comportamento até os 21 anos. Os antigos egípcios acreditavam que um ato de masturbação do deus Atum criou o universo. Para a cultura judaico-cristã, qualquer prática que não levasse à procriação foi, durante anos, severamente punida. Durante o período da Inquisição, o “masturbador” poderia ser considerado herege e condenado à fogueira. No século XVIII, a masturbação virou doença grave. O suíço Tissot lançou em 1760 uma condenação científica dessa prática. Atribuíam à masturbação a loucura, ataques epiléticos, cegueira, cãibras, pêlos nas mãos, espinhas. Hoje, apesar do preconceito sobre a questão, entende-se a masturbação como uma prática para conhecimento do corpo, do prazer e das emoções.


Fonte: http://www.essencialsites.com.br
       http://smokingpot.org
       http://www.vocesabia.net/
       http://minilua.com
       http://www.estranho.com
       http://www.tonafolga.com
       http://www.deveserisso.com.br
       http://forum.angolaxyami.com
       http://blog.anedotas.tv
       http://br.taringa.net
       http://www.sopadecerebro.com
       http://www.machosderespeito.com.br

Nenhum comentário:

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters