Mostrando postagens com marcador conquistar mulher. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador conquistar mulher. Mostrar todas as postagens

26 de abril de 2013

10 maneiras de provocar uma mulher



Aqui vai uma lista com dez formas de provocar uma garota. Provocar uma garota é algo fundamental para evitar ser taxado de “amiguinho sem sexo” por ela. Agora vou dar alguns exemplos, para tornar o entendimento mais claro e, obviamente, incentivar a prática. Aproveitem!


Acuse-a de tentar te seduzir: reinterprete tudo o que ela disser. 


Se ela disser que você é baixinho, pergunte a ela o que faz ela se sentir tão atraída por caras menores. Se ela perguntar se você tem namorada, diga que está muito cedo para ela exigir um relacionamento sério.

 Se ela criticar alguma roupa sua diga: “Você está dizendo isso por que está atraída por mim”.

Repita o que ela disse, de forma engraçada: se ela se queixar de algo, repita o que ela disse, imitando a voz dela e fazendo expressões faciais exageradas.

 Você também pode fazer isso acrescentando um “mimimi” no final da frase.
Critique algo nela: se ela for menor que você, pergunte por que ela é tão baixinha. Se ela for maior, pergunte por que ela é tão alta.

 Se a mão dela estiver suada, pergunte onde ela estava com a mão. Se ela fala muito alto, pergunte-a onde fica o seu botão de volume.

Brinque com algo que ela faz no momento: se ela colocou comida no prato, diga “Assim não vai sobrar comida pra mim!”.

 Se ela entra em uma fila novamente, puxe-a pelo braço e diga “Nããão, você já veio aqui uma vez”. Se ela dança de uma forma estranha, pergunte a ela se ela aprendeu a dançar assim assistindo Chiquititas.

Faça alguma brincadeira: faça cócegas na perna dela. Risque-a com caneta. Roube comida do prato dela. Bagunce o cabelo dela.

Faça um teatro: diga a ela que vocês vão ser namorados por 5 minutos. Pegue-a pela mão e comece a chamá-la de “meu amor”. 

Ou então, diga que ela parece sua irmãzinha mais nova, e que você vai lhe dar os mesmo conselhos (créditos ao Ares). Ou então, diga que se ela continuar se comportando como uma garotinha má, você vai dar umas palmadinhas na bunda dela.

Puxe e empurre: quando ela diz algo interessante, você a abraça e diz “Adorei isso, vamos nos casar! Pronto, estamos casados! Que lindo casal nós formamos!”. Em seguida, quando ela disser algo mais “ameno”, empurre-a e diga: “Sabia que você ia estragar tudo! Quero o divórcio!”.

Ironize algo nela: “Poooxa, não sei como ninguém ainda veio elogiar esse seu vestido” (falando isso de uma forma claramente sarcástica). Se ela comete algum erro de português, diga “É por isso que eu gosto de você. Você tem um português muuuuito refinado”.

Duvide das capacidades sociais dela: se ela comete alguma gafe, diga: “Você não sai muito, não é?”. Se ela tem algum mau comportamento, diga: “Assim você não vai arranjar namorado nem pela internet!”. 

Se ela comenta sobre as atividades do dia-a-dia, diga: “Não me engane, eu sei que você passa o dia todo no Facebook!”.


Leve-a a realizar movimentos ridículos: pegue a mão dela, e em seguida faça-a dar um giro. Finja que vai jogar algo pra ela. Se ela está sentada, diga que vai lhe mostrar algo, pegue-a pela mão, levante-a e sente em seu lugar.

Obviamente, como já tratamos no outro artigo, você precisa fazer isso de uma forma que pareça divertida, mas sem rir demais e sem se desculpar por isso. Afinal, você é o PRÊMIO. 

E o principal: você precisa de calibração para acertar o momento de usar essas técnicas, e também o que usar. Lembre-se de que esses são apenas exemplos, para que você entenda o sentido da coisa. Desenvolva sua criatividade!


 POR GABRIEL ALVES
PUBLICADO EM: SEDUÇÃO PRÁTICA

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters