Mostrando postagens com marcador CLIPES. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CLIPES. Mostrar todas as postagens

18 de julho de 2012

RATM - Rage Against The Machine

Rage Agaisnt no final de 2007

 
Rage Against the Machine (também conhecidos como Rage, Rage Against ou RATM) é uma banda de rap-metal norte-americana, uma das mais influentes e polêmicas da década de 1990.

16 de julho de 2012

Jack White lança clipe a la Quentin Tarantino


Jack White | Veja o clipe de

 "Freedom At 21"

Cantor lança clipe a la Quentin Tarantino


16 de Julho de 2012

Jack White lançou o clipe de "Freedom At 21", faixa de seu 
último disco Blunderbluss. No playerabaixo, confira o vídeo
 "tarantinesco" e cheio de estilo do cantor:

Blunderbluss foi lançado em abril deste ano e se tornou um dos maiores
 sucessos de venda da temporada - além da ótima recepção da crítica
Fonte:omelete.com.br

19 de março de 2012

Katy Perry trailer clipe de “Part Of Me

Katy Perry divulga trailer do clipe de “Part Of Me
” A cantora Katy Perry divulgou o trailer do clipe da música “Part Of Me”, que será lançado no dia 21 de março. A música é o primeiro single do álbum Teenage Dream: The Complete Confection, cujo lançamento será no dia 27 de março. No trailer, Katy Perry aparece vestida de soldado, em cenas que remetem a campos de batalha. Confira abaixo o trailer de “Part Of Me”, novo clipe de Katy Perry:


29 de fevereiro de 2012

GORILLAZ LANÇA NOVO SINGLE


O Gorillaz revelou  o clipe de seu novo single “DoYaThing”.
A canção foi feita em parceria com o cantor Andre 3000, do Outkast, e James Murphy, ex-membro do LCD Soundsystem, e faz parte da campanha Three Artists. One Song, da marca Converse.

24 de fevereiro de 2012

ROCKABILLY ZOMBIE


O termo "psychobilly" foi usado pela primeira vez por Johnny Cash em sua canção “One Piece at Time”, sucesso no Top Ten de1976.3 Passaria a ser usado para definir o gênero alguns anos depois, quando o The Cramps descreveu sua música como "psychobilly" e "voodoo rockabilly" nos pôsteres de seus shows. Embora o Cramps tenha rejeitado a idéia de ser parte do cenário psychobilly, são eles, juntamente com artistas como Screamin' Jay Hawkins e Meteors, os considerados precursores do movimento. Musicalmente falando, havia antecedentes também no cenário garage rock e pub rock já nos anos 60 e começo dos 70, sem contar o artista mais conhecido como Legendary Stardust Cowboy, um precursor do psychobilly.

A primeira banda considerada psychobilly foi a Meteors, formada no sul de Londres em 1980. Com um integrante que fazia parte da subcultura rockabilly, outro envolvido com a subcultura punk e um terceiro que era fã de filmes de terror, suas ideias musicais se juntaram e formataram o gênero como ele existe atualmente. O Meteors também inventou o conceito do psychobilly ser apolítico, encorajando seus shows a serem zona "não-politizada" em função de evitar brigas entre os fãs, como estava se tornando recorrente no cenário punk da época. Até hoje, praticamente nenhuma música de psychobilly fala de política, apesar da maioria dos psychobillies repudiarem os pensamentos de extrema direita.

Em 1982 uma casa noturna chamada Klubfoot foi aberta em Hammersmith, a oeste de Londres, criando um lar para o cenário britânico de psychobilly. O clube seria eventualmente demolido, dando lugar a prédios de escritórios e uma estação de ônibus. Por nunca ter sido um estilo muito popular, seus fãs frequentemente organizam “Finais de Semana Psychobilly” em que várias bandas tocam juntas para conseguir atrair bastante público. Os primeiros finais de semana foram organizados no Reino Unido em meados dos anos 80.

O psychobilly eventualmente se espalharia através da Europa, particularmente na Alemanha, Itália e Espanha, em alguns lugares nos Estados Unidos e gradualmente na Ásia, especialmente no Japão. Enquanto o psychobilly do começo dos anos 80 (com Meteors, Sharks, Batmobile) era similar ao punk ou ao garage rock, o psychobilly do final da mesma década já lembrava mais o heavy metal (com Nekromantix, Demented Are Go, Klingonz, Mad Sin), enquanto o estilo dos anos 90 e 2000 se aproxima do som do psychobilly norte-americano (Reverend Horton Heat, Los Gatos Locos, Tiger Army).

A moda psychobilly é caracterizada por um penteado chamado “quiff”, um tipo de moicano rockabilly,4 enquanto as roupas combinam o estilo punk (cabelo tingido, trajes surrados e rasgados e jaquetas de couro), com a moda inicial do rockabilly (estampas com figuras de animais).

23 de fevereiro de 2012

MADONA É ACUSADA DE PLAGIAR JOÃO BRASIL

















Mal saiu o novo clipe, “Give Me All your Luvin’”, e Madonna já enfrenta uma acusação de plágio. O refrão de seu hit é “L.U.V. Madonna”, entoado por M.I.A. e Nicki Minaj, em participações especiais, e remeteria ao “L.O.V.E. Banana” da música de mesmo nome do carioca João Brasil, em gravação de 2011 que também tem participação de uma convidada, a cantora Lovefoxxx (da banda paulista CSS).



De resto, as músicas não tem nada ver uma com a outra. Mas o caso pode parar na justiça. A música de João Brasil foi lançada por uma gravadora alemã,que já estaria estudando como proceder. Confira os clipes das duas canções abaixo, inclusive o novíssimo vídeo de Madonna, dirigido pelo time MegaForce em clima de Super Bowl – a cantora foi a atração do intervalo da final do campeonato de futebol americano no domingo (5/2). Já a música e o visual do clipe brasileiro remetem a criações das bandas inglesas Metronomy e Ting Tings.

30 de janeiro de 2012

14 de dezembro de 2011

Monobandas

As bandas X-treme Blues Dog e The Fabulous Go-Go Boy from Alabama e a stripper Chris Lima

Monobandas
As monobandas não são nenhuma novidade,mas os shows delas são: muitos contam com strippers...


Imagem: Marcelo Naddeo

As bandas X-treme Blues Dog e The Fabulous Go-Go Boy from 
Alabama e a stripper Chris Lima
Roger Duran não tem mais onde equilibrar instrumentos. Os braços estão ocupados com a guitarra e o pandeiro meia-lua; os pés com o bumbo, a caixa e o chimbau; a boca com a gaita e a corneta. Ele detona seu garage rock enquanto uma moça, de shortinho e top, sobe no palco. Sob o som daquela podreira, ela tira a blusa, o short, o sutiã e a calcinha. É só mais uma edição desse tipo de show curioso, que promove o encontro das tradicionais monobandas e strippers. Nenhuma garota é bombada, siliconada ou traz marcas de biquíni. Todas têm tatuagem, pele claríssima e cabelo colorido. Sobem, tomam uma cerveja e arrancam tudo. E todo mundo gosta.

“A galera, em geral, se encontra no show e sai pra dar uma. O pornô imita a realidade”, filosofa Roger, ou Xtreme Blues Dog, um dos homens-monobanda brasileiros. Sobre a vertente que mistura música e strip, ele explica: “As meninas entram no fim e dá aquele clima de que elas estão na plateia. Não é um show erótico, mas sim uma intervenção artística. Ela pode soltar a franga e ficar peladona. Ninguém vai ligar”.

Vai lá - Shows de monobandas com strippers não acontecem a todo momento, mas fique de olho no MySpace do pessoal: Space Cookies, The Fabulous Go-Go Guys from Alabama, e uma boa apresentação, para entrar no clima: http://migre.me/wglm


12 de novembro de 2011

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters