4 de maio de 2013

Não desista dos seus sonhos



Esse é o conselho da diretora Marlene Mattos para quem parou de estudar há muitos anos,mas cultiva o desejo de graduar-se.

muitas mulheres na faixa dos 30, 40 anos de idade cultivam o mesmo sonho:fazer ou concluir uma faculdade.Elas compartilham histórias semelhantes.Casaram,engravidaram ou tiveram de começar a trabalhar muito cedo e não puderam continuar os estudos.Ou simplesmente,não tinham como pagar uma universidade particular.No fundo porém, o desejo de aprender mais e conquistar um diploma continua aceso.
   A novidade é que, nos últimos anos vem crescendo o número de mulheres nessa situação,que partem em busca da realização do sonho.Um exemplo famoso é da diretora de televisão Marlene Mattos, 53 anos.Depois de deixar para trás uma vida difícil, enriquecer como empresária da Xuxa e  construir uma carreira de sucesso na Rede Globo,há alguns anos resolveu retomar os estudos. Na semana passada, recebeu o diploma de bacharel em propaganda e marketing pela faculdade Estácio de Sá, RJ.Na cerimônia de formatura, fez um discurso em que falou de sua trajetória na tv e da importância de conciliar experiência prática com o conhecimento teórico para crescer na carreira.Para muitos que pensam em seguir esse caminho, aconselhou:"Não desista nunca de seus sonhos".
    Voltar a estudar depois de muitos anos proporciona vários benefícios.Dois deles são sentidos logo no começo do curso: o prazer de aprender coisas novas e o fortalecimento da auto-estima.Cursar uma faculdade traz também um ótima recompensa financeira.Uma pesquisa realizada há alguns anos pelo IBGE mostru o peso do diploma na renda da população.De acordo com o levantamento, quem possui nível superior ganha em média três vezes mais do que os trabalhadores que pararam de estudar ao final do ensino médio.

             MENOR RISCO DE ERRAR 
     Para quem já tem uma carreira em uma determinada área, entrar mais tarde na universidade traz ainda uma outra vantagem.Em comparação com quem faz o vestibular com 17, 18 anos, o risco de escolher uma profissão errada é bem menor.

            PARA FACILITAR O CAMINHO

AS DICAS DOS ESPECIALISTAS PARA QUEM PRETENDE REALIZAR O DESEJO DE FAZER UMA FACULDADE

TESTE SEUS CONHECIMENTOS:
     Se você não tem condições de pagar uma faculdade particular, uma das alternativas é procurar um curso menos concorrido numa universidade pública.Preste vestibular ainda este ano. Se você não pensa em começar a faculdade agora, faça a prova em casa para testar seus conhecimentos.
PESQUISE CURSOS PRIVADOS:
     Com a expansão das faculdades particulares,hoje a variação dos preços é muito grande. Mas atenção antes de matricular-se pesquise sobre a qualidade da instituição com alunos.
BUSQUE FINANCIAMENTO:
     Se você não tem como pagar uma faculdade ou quer ingressar em uma instituição um pouco mais cara,pode batalhar por uma bolsa de estudos. 
NEGOCIE COM A FAMÍLIA:
     Para fazer faculdade,você terá que contar com a compreensão de todos. O envolvimento de marido, mulher filhos e outros membros da família é tudo para o sucesso desse novo projeto de vida.

CONFIRA ALGUMAS OPÇÕES DE BOLSAS E FINANCIAMENTOS ESTUDANTIS E SAIBA COMO FUNCIONAM:

FIES:
     O Programa de Financiamento Estudantil do Ministério da Educação financia até 70% da mensalidade escolar. O valor é devolvido em prestações mensais após a conclusão do curso.Para participar é preciso estar matriculado em instituições de ensino não gratuitas e participar de um processo seletivo. São classificados aqueles que tiverem menos condições de arcar com as despesas de sua formação.É necessário ter um fiador.Informações no site www.mec.gov.br/sesu/fies/default.shtml 


PROUNI:
     O programa Universidade Para Todos, do Ministério da Educação, concede bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas.Para concorrer, é preciso ter realizado o Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) e apresentar renda familiar per capita de até três salários mìnimos.O programa favorece apenas aqueles que fizeram o ensino médio em escolas públicas ou em escola particular com bolsa integral, portadores de deficiência e necessidades especiais e os  professores de educação básica da rede pública.A última etapa da seleção é feita pela instituição de ensino,de acordo com critérios próprios. Informações no site : www.mec.gov.br/prouni ou pelo telefone: 0800-61-61-61


AMPARO EDUCATIVO:
     Instituições vinculadas ao Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior(CEBRADE) oferecem um benefício, integral ou parcial, que consiste em adiar a cobrança da mensalidade por um determinado período.O programa oferece carência de um ano após o término do curso para reembolso.Os critérios de concessão variam de acordo com a faculdade.Por enquanto só atende São Paulo. Informações no site www.cebrade.org.br ou tel. (011)6167-3000.

EDUCA MAIS BRASIL:

Nenhum comentário:

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters