4 de maio de 2013

Blogs que dão dinheiro


O ensinamento número 1 de quem consegue viver da renda de blogs é quando começar, não pense em dinheiro. Quem começou com um blog nem imaginava que poderia viver dele, aliás, uma das dicas é justamente não pensar na atividade como fonte de renda. Mas muitos já incorporaram a profissão: blogueiro. Blogueiro: profissão e diversão.
Quando surgiu no País, a internet fez com que vários profissionais abandonassem suas carreiras para investir e ganhar dinheiro no espaço virtual. Nos dias de hoje isso ainda acontece, mas por meio de segmentos específicos, como o universo dos blogs.

Com uma simples pesquisa de como montar sua própria página e tendo noções básicas para utilizar as ferramentas do sistema, muitas pessoas está descobrindo formas de tirar vantagens de seus projetos, iniciados como passatempo.

É algo que impressiona, mas os blogs realmente podem dar dinheiro” afirma o jornalista Tiago Dória, dono do blog: Tiago Dória Weblog"O espanto se dá pelo fato de termos criado no Brasil a cultura de que os blogs são espécie de diário do internauta, mas há um lado profissional que pode tem sido desenvolvido” , acrescenta.

No caso dele, a criação de um blog e a futura obtenção de receita foram ocasionais. “Eu mandava muitos e-mails para amigos de assuntos variados, coisas interessantes, mas para não ficar enchendo a caixa de correspondência de todos resolvi montar um diário de navegação.

Com o passar do tempo, a audiência foi crescendo e acabei sendo convidado a formar uma parceria comum portal de internet, ganhando um salário de colunista”, lembra.

Embora não revele o valor, Dória garante ter uma boa finte de renda por meio de seu blog. “Sem falar no retorno de exposição para outros trabalhos graças a esse serviço.

Outro exemplo de sucesso via blogs é do também jornalista Phelipe Cruz, que até mudou de profissão por influência de seu diário. “Eu fazia o curso de publicidade e mudei para o jornalista após a criação do blog”, conta o dono do papel POP.com

OPORTUNIDADES

Segundo ele, o blog contribuiu para sua aprovação no processo de uma revista. “Viram a página e gostaram muito. Hoje sou editor do site da revista e continuo cuidando do meu próprio negócio.

Apesar de ter criado uma página para divulgar sua ideias, Cruz admite que sempre pensou no fator empreendimento. “Projetei a minha exposição, mas nunca vislumbrei ganhar dinheiro. Passei a cogitar essa possibilidade com o aumento significativo da audiência, mas isso demorou oito anos para acontecer.

Os ganhos, provenientes de anúncios e campanhas publicitárias, variam de R$ 1 mil a R$ 2 mil por mês. “Há meses, porém, em que consigo uma parceria maior, podendo chegar a valores de R$ 20 mil”, revela.

A real possibilidade de sucesso financeiro por meio de blogs faz com que alguns profissionais dediquem exclusivamente a esse negócio, como é o caso de Edney Souza, blogueiro de profissão. Formado em processamento de dados, ele vivei por três anos apenas do lucro de seu blog, o InterNey. “Eu ganhando mais do que em meu antigo trabalho de gerente de sistemas, portanto, abandonei a carreira para me dedicar exclusivamente ao novo ofício” , declara.

Com a expressiva receita gerada por meio da anúncios em sua página de dicas sobre tecnologia, Souza investiu na criação de uma agência de comunicação, que atualmente presta suporte a empresas e uma série de outros blogs.

Nunca imaginei que isso fosse possível, mas hoje afirmo e aconselho as pessoas investirem nesse campo de pluralidade. Profissão de blogueiro é, na verdade, uma mistura de diversas áreas, como jornalismo, publicidade, marketing e administração. Para ganhar dinheiro e ter sucesso é preciso muito esforço, paciência, dedicação e trabalho.

DICAS E CUIDADOS

Ter um blog gerador de receita requer um pensamento primordial, segundo os blogueiros: não almejar o dinheiro. “Se você vislumbrar isso vai acabar se espelhando em quem já é bem-sucedido e seu blog será apenas mais um”, justifica Souza.

Cruz diz que o mais importante é aprimorar o conteúdo. “Tenha paixão pelo assunto, dê voz àquilo que você sabe para trair audiência. O blog é uma ferramenta de aprendizado profissional e de diversão. O dinheiro, se aparecer, é uma grata conseqüência.

Dória destaca ainda a forte cobrança que o retorno financeiro acarreta. “A responsabilidade passa a ser maior, naturalmente, já que a pessoa que lhe paga exigirá cada vez mais resultados. Acaba sendo um trabalho como outro qualquer.

Outra dica valiosa diz respeito à credibilidade do espaço. “É preciso tomar muito cuidado para não se vender e deixar de cumprir os compromissos com os leitores. Saiba avaliar as propostas comerciais que surgirem para não tornar seu blog um espaço publicitário”, recomenda Cruz.

Na opinião da professora de Jornalismo da PUC-RS, Ana Maria Brambilla, os blogueiros devem lutar ao máximo pela manutenção da autonomia dos assuntos postados. “O dinheiro de alguma forma influencia a opinião. Isso sem falar nos vários exemplos que temos de pessoas que postam notícias visivelmente pagas, algo péssimo para nós, eleitores.

Ratificando o pensamento de Ana, alguns profissionais têm feito uso do blog para divulgar suas atividades e conquistar novos serviços no mundo real, como o enfermeiro Marcelo Luiz Silva.

Criador do blog CUIDADOS CRÍTICOS , ele afirma jamais ter ganhado um centavo com sua página; entretanto, obteve reconhecimento e prestígio em sua profissão por meio dos assuntos que debate.

Meu foco sempre foi divulgar conhecimento, pois não há muitos canais de conteúdo na minha área de atuação. Não recebo dinheiro, já recusei propostas para não desviar dos meus objetivos. No entanto, o blog se tornou o meu currículo, minha referência e minha fonte de maior credibilidade no mercado. Não ganho rios de dinheiro, mas sou extremamente satisfeito com o que faço”, declara Silva, que, graças ao blog, viaja no fim de maio/2009 para os EUA para ministrar palestra.

A utilização di espaço como vitrine pessoal também tem sido estratégica do jornalista Thomaz Figueiredo Magalhães, dono do blog Trem Azul. “Já fiz muitos freelances por causa da página e acho isso o máximo, pois tenho a possibilidade de me manter em evidência pata o mundo e ter uma renda extra sem prejudicar minha imagem com a comercialização do blog.

Ele conta que nos casos em que recebeu propostas de anunciantes sempre lhe exigiram seguir uma opinião já formada. “Anúncios no blog até aceitaria, mas merchandising no conteúdo editorial jamais. Isso tira a minha liberdade."

Magalhães salienta ainda que os leitores de blogs são muito bem informados, sabem o que querem e devem ser respeitados. “Já me sinto muito satisfeito pelo reconhecimento que ganho a cada postagem."

Esse deve ser o interesse de todo profissional, afinal, trata-se de uma ferramenta a qualquer pessoa. O mercado de trabalho, para todas as áreas, está cada vez mais fechado, e os blogs permitem uma abertura de espaço. “É a chance de ser visto e conhecido.

Fonte: O Estado de São Paulo
Texto: Leandro Alvares

Nenhum comentário:

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters

doistoquesdobrasil.blogspot.com