18 de janeiro de 2012

Cuidado ao aquecer comida no microondas


 

Bisfenol A ou BPA é um difenol, utilizado na produção do policarbonato de bisfenol A, o policarbonato mais comum, e de outros plásticos. A substância é proibida em países como Canadá, Dinamarca e Costa Rica, bem como em alguns Estados norte-americanos, mas no Brasil era utilizada na produção de garrafas plásticas, mamadeiras, copos para bebês e produtos de plástico variados,  sendo proibida apenas ao final de 2011, com prazo até ao final de 2012 para a retirada do produto das prateleiras e estoques.


Desde a década de 1930 que se suspeita que seja prejudicial à saúde humana (estudos sobre estrogenicidade). Em 2008, após vários artigos do governo dos EUA questionarem sua segurança, alguns varejistas retiraram das prateleiras produtos com BPA. Um estudo do FDA (Food and Drug Administration) de 2010 levantou preocupações quanto à exposição de fetos, bebês e crianças pequenas..
Bisfenol A está ligado a problemas de comportamento em garotas, diz estudo
Segundo pesquisador, meninas expostas a grandes quantidades da substância, ainda no útero da mãe, apresentaram mais ansiedade e hiperatividade quando crescidasNovo estudo realizado em Cincinnati, Ohio, nos Estados Unidos, sugere que meninas expostas a níveis mais elevados de bisfenol A (BPA) - antes do nascimento, ainda dentro do útero - apresentaram mais problemas de comportamento e estavam mais ansiosas e hiperativas do que as que estiveram expostas a pequenas quantidades deste produto químico. A substância é usada para fazer plásticos e encontrada em embalagens de alimentos, produtos enlatados e até mamadeiras.Como evitar — Copos e pratos feitos de policarbonato possuem BPA — geralmente são copos e pratos infantis. Como identificá-los? "É preciso ver se o rótulo e evitar todo produto que contenha policarbonato e os números 3 ou 7 no símbolo da reciclagem que geralmente vai embaixo da embalagem. Se o produto não trouxer essas informações, na dúvida, é melhor evitá-los, principalmente os plásticos transparentes e mais duros - eles geralmente são feitos de BPA, embora não seja uma regra", diz Fabiana Dupont, criadora de uma página na internet dedicada a esclarecer a população sobre malefícios do BPA. A substância também é encontrada em garrafas squeeze, e alguns tipos de papel filme. O copinho de plástico do seu escritório, portanto, dificilmente será uma ameaça. Para identificar, valem as orientações anteriores: verificar o rótulo, símbolo de reciclagem e as características do plástico. Como se vê, o uso do bisfenol A não é algo impossível de ser evitado. Basta rever alguns hábitos, substituir os produtos que contêm a substância e prestar atenção redobrada aos rótulos de mamadeiras e utensílios de plástico.
O principal objetivo é levar à população a discussão que já ocorre há muitos anos na comunidade acadêmica em torno do bisfenol A (BPA). O bisfenol é um químico presente na fabricação de plástico e no revestimento interno das latas de comida e bebida. Como se trata de uma molécula instável, o bisfenol se desprende da embalagem e contamina os alimentos. Ele é caracterizado como um desregulador endócrino e age como o estrogênio. Pesquisas já o associaram a doenças como câncer de ovário e próstata, diabetes, problemas cardíacos, puberdade precoce e infertilidade.

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Google+ Followers

Translate

Visualizações de página!!

Visitantes

free counters